Aguarde. Carregando conteúdo

Eficiência Energética através da transmissão por Correias

JAN
2017
Eficiência Energética através da transmissão por Correias

Segundo dados da ABESCO (Associação Brasileira das empresas de Serviço de Conservação da Energia), anualmente estima-se em 10% a perda de toda energia gerada no Brasil. Energia suficiente para compensar o aumento da demanda nacional por dois anos.

O custo da energia no Brasil é um dos mais altos do mundo. Além de frear investimentos, impacta diretamente na competitividade do Brasil. Um estudo da FIRJAN de 2011, afirma que a tarifa média para a industria no Brasil já era 50% maior que a de 27 países do mundo.

Ao encontro disso, a Romaço Rolamentos em parceria com a Continental coloca à disposição dos seus clientes uma solução técnica com potencial para reduzir o consumo de energia, aumentar a disponibilidade do equipamento, e conter intervenções e manutenções.

Cerca de 2/3 da energia consumida pela indústria é utilizada em sistemas motrizes e grande parte desses utilizam transmissão de potência por correias. O potencial de redução de consumo de energia apresentado consiste na troca de um sistema de transmissão por outro mais eficiente.

Correias em “V” transmitem potência por atrito pelas suas laterais e mesmo bem tencionadas e retencionadas periodicamente escorregam por sobre as polias, desperdiçando energia na transmissão de potência. Esse escorregamento é de cerca de 8% para correias em “V” lisas, e 3% para correias em “V” de dentes moldados.

Já as correias sincronizadoras transmitem potência por sincronismo, ou seja, as polias e as correias possuem dentes e perfis semelhantes a engrenagens, onde diferente das correias em “V” não há mais possibilidade de escorregamento.

A transmissão de potência por sincronizadoras também diminui a carga sobre a mancalização. Como não escorregam, a necessidade de tensionamento é menor, e surge então, um potencial para aumento da via útil dos rolamentos.

Essa mudança traz ganhos na eficiência da transmissão, e tem como consequência, um  potencial de economia de energia.

Algumas vantagens das correias sincronizadoras versus Correias em “V”:

  •  Menor largura da correia sincronizadora quando comparado a largura de um conjunto de Correias em “V”, para a mesma transmissão de potência;
  • Menor energia de flexão desperdiçada, menor largura de polias/correias;

  • Correias em “V” mesmo tensionadas adequadamente tendem a escorregar nas polias. Já nas sincronizadoras, não há escorregamentos, e consequentemente não há desperdício de energia;

  • Menor carga de tensionamento, forçando menos a mancalização envolvida;

  • Durabilidade pode chegar ao dobro das correias em “V”;

  • Custo homem-hora e máquina parada: não há necessidade de parada para retencionamento e menor necessidade de troca;

TechNews

Abaixo, segue exemplo do ganho potencial em economia de energia elétrica substituindo uma transmissão convencional em “V” por sincronizadora.

A transmissão conta com um motor de 100 HP e o custo de um conjunto é estimado apenas para apresentação do potencial de ganho e Payback.

Exemplo:

Motor Elétrico: 100 HP (75 kW), IV polos= 1700 rpm; 93,5% Rendimento;

Custo Energia Elétrica – R$ 0,45/KWH;

Trabalho – 24 horas/dia, 7 dias/semana, 52 semanas/ano;

Custo de um conjunto com correia sincronizadora – R$ 4.000,00;

Custo anual Energia Elétrica = 100 HP x 8736 Horas x 0,746 x R$0,45 ÷ 0,935 = R$313.655,10

Assumindo aumento de 5% no rendimento da transmissão (Sincronizada versus correia em “V”);

• Economia energia elétrica por ano = R$313.655,10 x 0,05 = R$15.682,75; Payback = R$4000 / R$15.682,75=~ 0,25 ano (3 meses)

Vale ressaltar que estamos considerando um aumento mínimo no rendimento, portanto, o ganho pode ser maior dependendo do sistema de transmissão.

 

Correias em ” V “

TechNews2

Correias Sincronizadoras

TechNews3

Referências:

CONTI_SILENTSYNC_Documentation_de_en.pdf.

Disponível em: <http://contitech.de/pages/produkte/antriebsriemen/antrieb-industrie/download/CONTI_SILENTSYNC_Documentation_de_en.pdf> Acesso em: 03 Jan. 2017. CONTI_SYNCHROCHAIN_Folder_de_en.pdf.

Disponível em:http://contitech.de/pages/produkte/antriebsriemen/antrieb-industrie/download/CONTI_SYNCHROCHAIN_Folder_de_en.pdf> Acesso em: 03 Jan. 2017. WEG-guia-de-especificacao-de-motores-eletricos-50032749-manual-portugues-br.

Disponível em: <http://ecatalog.weg.net/files/wegnet/WEG-guia-de-especificacao-de-motores-eletricos-50032749-manual-portugues-br.pdf> Acesso em: 03 Jan. 2017. Soluções WEG.

Disponível em: <http://www.weg.net/eficienciaenergetica/> Acesso em: 03 Jan. 2017. Treinamento Power Trasmission Group Industry – Eng. Cleber Souza, Grupo Continental Contitech

Elaborado por: Eng. Rafael Herbert Bublitz

Envie sugestões para:
technews@romaco.com.br
Receba a Tech News por email: Cadastre-se Ver todas as Tech News